quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

As maravilhas de Andersen

Aproveito a postagem para desejar a todos
UM FELIZ NATAL E UM 2013 ILUMINADO.
A revista Italiana Andersen, dedicada a leitura e a literatura para jovens traz na edição Natal minha ilustração para Capa. Tema de Natal, nada melhor que Andersen e sua sensível e melancólica: A Pequena vendedora de fósforos. 

A revista Andersen nasceu em 1982, em 20 anos se espalhou em escolas e bibliotecas públicas, como um ponto de referência e comparação para professores, bibliotecários, escritores, ilustradores, editores especializados.

Na parte interna uma incrível material escrita pelo especialista Walter Fochesato. Impressionante a sua descrição sobre minhas escolhas visuais e do conhecimento em meu próprio trabalho. Mesmo vivendo distante da edição Brasileira Walter falou sobre livros que nem estão publicados por lá. Uma alegria encontrar Malvina, meu novo livro e Cartão Postal, uma parceira encantadora com o grande Luiz Raul Machado, ambos publicados pela editora DCL.
"Al tempo stesso pero André ha saputo, nel volgere di tempi piuttosto brevi, atingire ad una mistura del tutto autonoma e personale, ben riconoscibile. saltando felicemente insieme echi che provengono da cultura figurative diverse."
"Ao mesmo tempo, no entanto, André foi capaz, no espaço de um tempo bastante curto, atingir a uma mistura de total autonomia pessoal, bem reconhecível. Pulando feliz junto a ecos que vêm de culturas figurativas diferentes."
Para minha surpresa, ainda na mesma revista, uma outra matéria escrita pela curadora de ilustração e esperta em leitura de narração visual. Monica Monachesi.
“Acade a Sàrmede / Sul filo dei ricordi e sull’onda dei progetti futuri: dagli esordi di Neves ai nuovi libri. Una storia di incontri, occasioni destini.”
"Acontece em Sàrmede / O fio da memória e da onda dos projetos futuros: O início de Neves aos novos livros. Uma história de encontros, destinos oportunos.”
Monica fala da Escola de Sàrmede e usa a minha trajetória como exemplo na formação de novos ilustradores. Por isso defendo tanto que estudar ainda é o melhor caminho para entender visualmente a profissão. Encontrar Sàrmede foi decisivo em minha formação. Ainda é e pode ser também para qualquer um que deseja descobrir o encanto da imagem feitas para infância de qualquer leitor, criança ou adulto.



 





4 comentários:

Ieda de Oliveira disse...

As maravilhas do André! Parabéns querido! Beijão
Ieda

Fátima Campilho disse...

Faria o mesmo comentário da Ieda!
Então, quero lhe dizer que é mesmo muito especial. Recebi hoje Lino do Itaú Cultural e ando procurando o sorriso da lua. Belo demais.
Um Santo Natal, meu querido.
Beijos

Anielizabeth Cruz disse...

Concordo plenamente, André.
Mergulhar nos estudos e pesquisas de maneira incansável, é fundamental para o entendimento profundo do ofício de ilustrador. E Sàrmede é uma parceira valiosa nessa trilha. Tanto pelo que ensina, quanto pelo que acolhe. Fico muito feliz em acompanhar sua trajetória e orgulhosa de você ter sido meu primeiro professor por lá.

Patricia Oliveira Silva disse...

Sei que serei apenas mais uma, mas gostaria de deixar registrado o quanto fiquei fã de suas ilustrações. Que trabalho lindo, rustico e singelo no mesmo instante. Conheci seu trabalho no ano passado através do livro "Maria Peçonha." trouxe ele da escola para minha filha de 10 anos ler e ela também se encantou. Parabéns pelo seu trabalho. Deixo meu endereço se puder me manter informada de seus novos trabalhos. luuar@hotmail.com Atenciosamente, Patrícia